“Quando estamos completamente imersos em uma sociedade de pessoas que
consideram o apego e a idolatria normais, torna-se quase impossível discerni-las pelo que
são.” – Tim Keller

A cultura ao nosso redor é como uma correnteza, nos puxando gentilmente de acordo
com suas filosofias. A menos que estejamos regularmente nos inclinando para a Verdade
e levando nossos pensamentos a obedecer Deus (2Co. 10:5), nós iremos
inconscientemente deslizar de acordo com essa correnteza. Esse é o porquê de Paulo
nos encorajar: “Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de
filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do
mundo, e não segundo Cristo” (Cl. 2:8)

Existe uma nova moda agora que parece inofensiva em sua superfície, mas é tudo,
menos segura: a romantização da amizade. Embora você provavelmente não tenha
notado essa mudança, ela está muito presente. Faça uma rápida pesquisa e procure
“melhores amigos” ou “BFF” no pinterest ou google e aqui vão algumas coisas que você
irá encontrar:

“Amigassário: aniversários não são mais apenas para amantes”

“20 melhores ideias de encontros para melhores amigos(as)”

20 Best Friend Date Ideas
“Você pode encontrar sua alma gêmea em uma amizade também”

Soulmates
“Trate seu melhor amigo(a) como se ele(a) fosse seu(sua) namorado(a), porque encontrar
seu #1 é bem mais difícil do que você pensa!”

Can't Survive Without Best Friend
“Photoshoot de melhores amigos: fotos essenciais para melhores amigos”

Best Friend Photo Shoot
“Frouple (junção das palavras friends = amigos, com couple = casal): um par de amigos
que age como casal”

Frouple
Para finalizar, um filme recém lançado chamado “parceiras eternas”.

Life Partners

Aqui embaixo você pode ler a sinopse:

“Paige é heterossexual e sua amiga Sasha, lésbica. Elas são melhores amigas
codependentes em seus 20 e muitos anos que têm gastado seus últimos 10 anos
atuando mais como esposas do que amigas; elas conversam no banheiro; levam uma a
outra ao médico. E assim como em qualquer bom casamento, elas são perfeitas yin e
yang. Até a noite em que Paige conhece Tim. Além de alguns questionamentos
superficiais, ele é o estilo de cara com o qual você se casaria. Conforme a relação de
Paige e Tim cresce, a ligação entre Paige e Sasha inevitavelmente muda.
Repentinamente, sem uma “parceira”, Sasha é deixada para examinar seus próprios
conflitos e pânico sobre seu iminente aniversário de 30 anos. Conflitos passivoagressivos
ocorrem na amizade até que as meninas finalmente confrontam a pergunta
que têm evitado: pode a amizade delas sobreviver ao amadurecimento?”

A conclusão é simples, melhores amigas têm se tornado os novos casais. Não consegue
arranjar um namorado? Arranje uma melhor amiga. Emocionalmente, um melhor amigo
pode agora fornecer as mesmas coisas que um namorado pode. Nos faz sentir como se
nosso melhor amigo fosse a única pessoa que verdadeiramente nos entende. Ela pode
fazer você se sentir amada, te dar um lugar para pertencer e faze-la sentir-se útil. Sua
melhor amiga pode facilmente se tornar um apoio até você conseguir o namorado/
marido que sempre quis.

Na verdade, não é incomum encontrar melhores amigas usando facebook para dizer que
são casadas uma com a outra ou que são almas gêmeas.

 

A aliança da amizade

Com essa nova moda, na verdade, vem-se usando a palavra “aliança” que é
normalmente usada em casamentos:

“Um laço inquebrável”

Unbreakable Bond

 

“Almas gêmeas”

Soulmates

 

“Minha outra metade”

Other half

 

“Melhor amiga não é só um rótulo, é uma promessa”

Best Friends Promise

 

E o que mais é uma “tatuagem de melhor amiga” exceto um símbolo de um laço para
toda vida, até que a morte nos separe?

Best Friend Tattoos

 

Com o alto índice de divórcios e muitos escolhendo não se casarem e mudarem de um
parceiro sexual para outro, nossa cultura ainda deseja essa amizade de aliança, uma
pessoa que sempre estará lá por você. Só mudou do casamento para a amizade. Isso
não é algo pequeno.

A bíblia nos diz que casamento por si só devem ser exclusivos, obrigatórios e ter um
nível “você pertence a mim” quanto a posse. (Gn. 2:24, 1Co. 7:4, 39). Nenhum outro
relacionamento ganha o título de “uma só carne”. Nós todos precisamos de amigos que
estarão lá por nós nos bons e maus momentos, mas tratar uma amizade com o peso,
exclusividade e posse de um casamento é muito perigoso.

Exclusivamente, relacionamentos românticos que incorporam a posse (ex: você me
pertence, eu te pertenço) tendem a criar intimidade física. Isso é facilmente visto em
namoros. Então, quando dois melhores amigos criam uma amizade exclusiva e
romantizada onde se sentem pertencendo um ao outro, é justamente natural haver o
crescimento de uma intimidade física. Afeto físico não natural é primeiramente um
produto de adoração no lugar errado, a qual discutimos em textos anteriores: adorar uma
criatura (um amigo) convida perversão para dentro de sua vida (afeto físico não natural).
Mas esse afeto é, também, produto do comportamento de tratar a amizade como um
casamento, união de duas carnes tornando-se uma.

Um segundo perigo de tratar a amizade como casamento é que afeta a instituição do
casamento. Ao criar amizades que imitam a aliança, o peso e a longevidade da união em
uma carne, elas desvalorizam a real instituição do casamento. Elas também podem inibir
a formação de um futuro saudável de casamentos. Como podem, homem e mulher, se
tornarem uma só carne quando a mulher já está agindo como uma só carne com sua
melhor amiga?

MOH photo    MOH photo    MOH photo

 

Uma nova pose para fotos de casamento mostra a invasão da amizade no casamento: o
noivo com seu braço ao redor de sua noiva e a dama de honra segurando a mão da
noiva atrás das costas do noivo, frequentemente com as garotas entrelaçando os dedos. Isso não chega a sugerir que a noiva tem mais intimidade, mais comprometimento e maior segurança na dama de honra do que no próprio marido? “Assim já não são mais
duas, mas uma só carne. Portanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem” (Mt
19:6). Isso significa melhores amigos também.

Casamento é a representação do amor de alianças de Deus para com Seus filhos e uma
visão primária do relacionamento de Cristo com sua Igreja. É algo extremamente grave
distorcer a imagem e em nossa cultura em que casamento tem sido “redefinido”, é
importante que levemos isso a sério.

Por favor, me escute, não tem nada errado em ter uma amizade durante toda a vida em
que você esteja comprometido. Mas de modo algum existem dois amigos em uma só
carne da mesma forma que é um casamento, nem devem operar como se fossem uma
só unidade.

 

A mentira da pessoa certa

Então por que essa mudança cultural nas amizades tem acontecido? Eu acredito que
está enraizado na mesma mentira que criou uma abundância de comédias românticas e
o mito do “é ele” ou “é ela”. Vou chama-lo de a mentira da pessoa certa. Aqui está a
mensagem-raiz: amar e ser amado em um relacionamento exclusivo com uma pessoa é a
maior de todas as alegrias. Ultimamente a mensagem tem gritado isso: você precisa de
uma pessoa mais do que você precisa de Deus.

Muitos filmes, livros e séries de TV têm usado muito isso, seja entre homem e mulher,
dois amigos, ou um casal gay. Não importa o cenário, a mensagem subentendida é que
se você ainda não encontrou aquela pessoa, que está sempre lá por você, a quem você
pertence, então você está perdendo. Ama e ser amado por aquela pessoa que ira suprir
todas as suas necessidades e desejos trará satisfação até o fundo de sua alma.

Future husband

Muitas jovens cristãs têm acreditado nessa mentira e acabado por “cristianizar” essa
busca idolátrica ao buscar um marido endeusado que irá para sempre acabar com essa
dor. Mas casamento não serve para satisfazer os desejos de um coração faminto e
carente. Apenas Deus preenche a alma faminta com coisas boas. Eu sou grata pelas
muitas mensagens, blogs e livros afugentando essa mentira de que um namorado ou
futuro marido pode satisfaze-la completamente.

Ser capaz de localizar essa mentira em namoros e casamentos é bom, mas nem sempre
suficiente. Uma mentira deve ser cortada pela sua raiz. Apenas podar alguns galhos
apenas irá encoraja-la a crescer em outra direção. Similarmente, se essa mentira da
“pessoa certa” não é continuamente rejeitada, pode crescer para dentro de nossas
amizades, produzindo esse processo forte em nosso subconsciente: se eu não posso ter
um marido ainda, vou apenas arranjar uma melhor amiga. A idolatria que reconhecemos
em relacionamentos românticos, nós frequentemente falhamos em ver em amizades.

Idolatria em amizades é muito similar e algumas vezes amarrada a idolatria de um futuro
marido/ esposa. Se você se tornou desesperançoso em esperar pelo homem perfeito, é
culturalmente aceitável agir como casal com um amigo(a), e então dar peso e valor para
seu amigo acima de Deus pode acabar acontecendo sem você ao menos perceber.

 

Esteja Alerta

“Sede sóbrios, vigiai, porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando
como leão, buscando a quem possa tragar” (1Pe. 5:8). O diabo é o príncipe do poder do
ar (Ef. 2:2) e o mundo inteiro repousa em seu poder (1Jo. 5:19).

Se acreditarmos verdadeiramente nisso, produzirá em nós um certo ceticismo sobre as
mensagens e modas da nossa cultura. Nós devemos olhar ao nosso redor com uma
mente sóbria, filtrando o mundo ao seu redor através da Palavra de Deus.

Quando olhamos para essa moda de amizade romantizada, especialmente depois de
gastar 5 dias discutindo a amizade biblicamente, nós devemos rapidamente checar os
itens a seguir:

1. Romantizar amizade é uma tentativa de encontrar satisfação em um amigo e não
em Deus. Isso está alinhado com a mentira original do diabo de que Deus não é
suficiente para nós (Gn. 3:1-6)

2. Romantizar amizade é normalizar a codependência. Lembre-se, D’Ann Davis
chamou a amizade codependente de “um relacionamento entre duas pessoas super
intenso que irá suprir todos os seus desejos e necessidades e fará outros
relacionamentos parecerem desnecessários.

3. Romantizar amizade é normalizar idolatria. Desde que o mundo desconheceu Deus
e não mais conhece a adoração a Ele, ele irá sempre procurar outras coisas para
adorar. Nessa instância, o mundo está idolatrando a amizade. Dar mais peso e
importância a um amigo do que a Deus é idolatria. Qualquer coisa que precisamos
mais do que a Deus é idolatria, até mesmo um amigo cristão.

4. Romantizar amizade ignora a função primária da amizade: apontar um ao outro a
Jesus para satisfação, força, conforto e esperança. Ao invés disso, o modelo de
amizade do mundo aponta pessoas como nosso local de satisfação, força e
esperança.

Tenha mente forte e lembre-se que amizade é PARA Jesus. Essas modas em nossa
cultura não devem nos assustar e nos impedir de formar amizades profundas. Nós fomos
criados para comunidades e desesperadamente precisamos de amizades profundas,
íntimas e abençoadas. Mas primeiramente precisamos que elas nos virem para Deus.

 

“Aqui estamos nós de novo com nosso tema mais comum, ao que parece: a centralidade
radical de Deus em tudo que fazer, até em nossa união, nossa camaradagem e amizade.
Deve ser uma amizade PARA Jesus. Todo grupo cristão que existe deve existir para
fortalecer as mãos uns dos outros em Deus e não no homem” – John Piper

 

Que nossa amizade PARA Jesus seja radicalmente diferente da versão de amizade do
mundo. Amizade tem um propósito muito maior e melhor e uma fonte de alegria muito
mais profunda. Amizade para a glória de Deus.

 

Kelly Needham
Tradução: Daniela Zanella

Nota: Esse artigo foi originalmente publicado no blog KellyNeedham e traduzido sob autorização da autora.
Parte 5